segunda-feira, 18 de junho de 2007

Expectativas

Tem umas coisas que o Mundo (Deus, Buda, o Espírito Santo, Chico Xavier ou quem quer que controle essa bagunça aqui) insiste em tentar me ensinar e eu insisto em não aprender. Não sei quem é o mais chato nesta história: eu ou essa entidade controladora que fica me testando sabendo que eu vou continuar igual.

Enfim, só pra ficar menos hermético (embora eu tenha uma resistência a esta palavra fresca - hermético), explico uma dessas coisas que eu não aprendo: pare de criar expectativas!

Essa lição é velha, já. Sei tanto sobre ela que posso dividí-la em itens didáticos:

- Nome: Pare de Criar Expectativas.
- Data para Execução: Ontem.
- Escopo / Abrangência: Todos os setores da sua vida e todas as pessoas envolvidas em qualquer um destes setores. Todos seus planos e realizações. Todos os seus finais de semana. Todos os seus relacionamentos.
- Consequência imediata da não obediência imediata: Frustração.