terça-feira, 31 de março de 2009

Da composição dos sonhos...

Se é de sonho,
É de dentro, é da alma,
Por isso quando o exponho,
Vem pro mundo como uma verdade calma.

Se é de calma, só é,
Não tem pressa, não cerca,
Segue o ritmo vivo,
E, se preciso for, espera...

Se é de espera, é de esperança,
é simples, fluído, verdadeiro,
Minucioso como o passo de uma dança,
Tenqüilo e cuidadoso pra que seja certeiro.